Joana Alvarenga: “Sonho com um casamento de princesa”

Novembro 11th, 2009 Colocado em Morangos

Joana Alvarenga, actriz, está a fazer teatro, e por esse motivo vai estar a trabalhar no dia de Natal. O primeiro sem a família, mas com o noivo. O casamento é na Primavera.

– Acaba de revelar que casa na Primavera com toda a pompa e circunstância de uma cerimónia tradicional. Porquê tanta solenidade?

– Desde criança que sonho com um casamento de princesa, com véu e grinalda e flores de laranjeira e tudo… Vivemos juntos, e casada já me sinto, mas esta cerimónia vem celebrar uma união de quatro anos, com os amigos e a família, coisa que nunca fizemos senão a dois.

– O cumprimento da tradição passa pelo casamento religioso?

– Ainda não decidimos, mas não necessariamente. O facto de querermos oficializar agora a relação resulta de já termos bastante tempo de namoro, de estarmos seguros da nossa relação e de termos esse sonho comum desde sempre…

– Mas, um e outro, são pessoas tendencialmente tradicionais?

– Somos tradicionais e, sobretudo, gostamos de rituais e não os queremos perder. Em festas como o Natal, por exemplo, gosto da reunião da família, da decoração de época, dos doces da praxe, de tudo!

– Este Natal vai ser diferente?

– Se vai… Vai ser o primeiro Natal sem a família, que está no Porto, enquanto eu estou em Lisboa. Não há volta a dar: trabalho no dia de Natal na revista do Parque Mayer [“Agarra que é Honesto”].

– Mas vai ter o noivo consigo ou são ambos actores?

– Não, de todo. O Nelson é empresário e ainda bem. Acho que não só não facilita como até atrapalha o casal ter a mesma actividade. Acaba por ser impossível não levar o trabalho para casa e, aí, não há romance que resista.

– Há alguma coisa que não dispensa e não perdoe numa relação?

– Acho que não perdoaria a traição nem dispensaria a paixão. E acredito que viver um dia de cada vez é o que faz o sucesso da nossa relação.

Fonte: Correio da Manhã


1 Comentário em “Joana Alvarenga: “Sonho com um casamento de princesa””

  1. fjdfgdnslahm Says:

    é pena casares … nao te preocupes que ainda vou impedir o casamento … e ficamos os dois!!!



Deixa um comentário